Vacinação contra influenza H1N1 por drivre thru imuniza cerca de 700 idosos pela manhã

A Prefeitura de Mossoró, por meio da Secretaria de Saúde, realizou na manhã desta quinta-feira (02) a vacinação sem sair do carro, o drive thru contra a influenza H1N1, na Estação das Artes Elizeu Ventania. De acordo com informações das Imunizações Municipal, 662 idosos foram imunizados enquanto passavam pela tenda do Circo Hermanos Suares, somente pelo turno da manhã. A vacinação vai continuar ocorrendo hoje à tarde, das 14h às 17h.

“Esse é nosso objetivo: facilitar a vacinação para que todos os idosos possam ser vacinados. Nós estamos ampliando a vacinação na cidade. Essa vacina vai evitar que nossos idosos fiquem gripados e consequentemente não precisem ir às Unidades de Saúde. Estamos evitando filas e que os idosos se aglomerem em um local. Aqui cada um está no seu carro, na sua moto ou na sua bicicleta sendo vacinado. Além da vacinação no carro hoje, também estamos vacinando em todas as Unidades Básicas de Saúde.”, afirmou Rosalba, que acompanhou a vacinação de perto na tenda do circo.

A prefeita, como médica e querendo ajudar os profissionais, também ajudou a vacinar os idosos e ainda divulgou que Mossoró, mais uma, superou a cobertura de vacinação nos idosos antes mesmo do fim da campanha. “Em pouco mais de duas horas de drive thru, vacinamos cerca de 350 pessoas. Até ontem, nos tínhamos imunizados 25 mil idosos. Nós já superamos a cobertura de vacinação determinada pelo Ministério da Saúde, que é de 90%. Com os dados que tem no nosso sistema, chegamos a 91% de cobertura vacinal. Mas nos queremos vacinar todos os idosos e chegar a 100% de cobertura. Com os dados dos vacinados de hoje, essa cobertura vai aumentar ainda mais.”, concluiu a prefeita.

A secretaria de Saúde, Saudade Azevedo, também acompanhou de perto a vacinação e explicou que a Secretaria de Saúde estuda a possibilidade de fazer novamente o drive thru para os outros públicos-alvos da campanha. “Nossa vacinação foi um sucesso. As pessoas que por aqui passaram ficaram satisfeitas e apoiaram a nossa ideia. Vamos senta, discutir e planejar novos momentos como esse para os outros grupos que devem ser vacinados.”, afirmou Saudade.

O aposentado Valmir Carlos, 75 anos, veio com sua esposa Maria do Socorro de moto de vacinar. “Estou achando muito bom. Muito bem organizado. O pessoal está fazendo o que realmente é para fazer. Nós não viemos antes porque estávamos sem tempo. Aqui foi tudo muito rápido.”, disse o aposentado. Sua esposa Maria do Socorro, 72 anos, também aprovou a inciativa da Saúde. “Eu gostei da ideia, porque a gente não precisa pegar uma fila tão grande. Aqui a fila tá andando rápido.”, disse Socorro.

“Essa vacinação foi uma maravilha. Foi a melhor coisa que a Prefeitura fez. Eu nunca quis essas vacinas de campanha, porque eu tinha medo, mas agora resolvi vir me vacinar. Desse jeito que tá assim? Eu gostei demais e até volto se tiver em outros momentos.”, comentou Vera Regina da Silva, 65 anos, Boa vista, que veio receber a vacina contra H1N1 pela primeira vez.

A Prefeitura de Mossoró organizou todo o trânsito, por meio da Guarda Municipal de Trânsito, para que não gerasse congestionamentos e nem transtornos nas vias próximas à Estação das Artes. Disponibilizou cerca de 20 profissionais para vacinação além de contar com o apoio da Cruz Vermelha.

CONFIRA OS PRÓXIMOS GRUPOS PRIORITÁRIOS PARA VACINAÇÃO DA INFLUENZA H1N1

A segunda etapa de vacinação contra a influenza começa no dia 16 de abril para professores, forças de segurança e salvamento, indivíduos com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais. A terceira e última etapa inicia no Dia D de mobilização nacional, 09 de maio, para crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, indivíduos de 55 a 59 anos, população privada da liberdade e funcionários do sistema prisional. A campanha iniciou no dia 23 de março e deve ocorrer até o dia 22 de maio.

As UBSs estão vacinando de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h. No dia Dia D de vacinação as Unidades de Saúde não fecham para almoço. A vacina envida pelo Ministério da Saúde é a trivalente que protege contra os tipos de Influenza A (H1N1 E H3N2) e Influenza B, não garante imunização para o novo coronavírus, mas ajuda a evitar outras doenças respiratórias graves.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*