Secretaria de Saúde inicia ação de imunização contra o sarampo entre adultos de 20 e 49 anos

Seguindo orientações do Ministério da Saúde, a Secretaria Municipal de Saúde inicia na próxima segunda-feira (3), a Campanha de Intensificação da Imunização Contra o Sarampo. A ação tem como público-alvo adultos entre 20 e 49 anos. A vacinação segue até o dia 31 de agosto.

Responsável pela realização da campanha em Mossoró, o coordenador municipal de Imunizações, Etevaldo de Lima, afirma que a ação disponibilizará a vacina tríplice viral. Ele destaca que a campanha deve ser aproveitada como uma oportunidade para atualização do cartão de vacina dos adultos que fazem parte do grupo prioritário.  

“A campanha vai ocorrer de forma seletiva conforme situação vacinal encontrada. Adultos de 20 a 29 anos de idade, devem ter duas doses da vacina tríplice viral e os adultos de 30 a 49 anos de idade, devem ter uma dose da vacina tríplice viral, na ausência de algumas dessas doses, receberão as vacinas complementares para atualização do cartão de vacinação. Caso o adulto esteja em dia com a vacinação, não precisa administrar mais doses”, explica.

Etevaldo de Lima lembra que a vacina pode ser administrada simultaneamente com as demais vacinas do Calendário Nacional de Vacinação. No entanto, ele frisa que se a vacina contra a Febre Amarela não for administrada no mesmo dia, só poderá ser administrada 30 dias após aplicação da vacina tríplice viral. Para receber a vacina, os adultos devem se dirigir até uma UBS, se possível levando o cartão de vacinação.

A vacina tríplice viral é contra indicada para gestantes, assim orienta-se que a imunização seja realizada logo no puerpério. Outra orientação para as mulheres é evitar gravidez no período de 30 dias após a administração da vacina.  

O público-alvo da campanha deve procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) do seu bairro, para receber a dose da vacina, caso se encaixe no perfil. Assim, como aconteceu durante a Campanha de Vacinação Contra Influenza (H1N1), o Ministério da Saúde orienta que frente a situação de Pandemia, cada UBS deverá montar seu plano de ação para busca do público-alvo de acordo com a realidade do local em que está inserida, respeitando o distanciamente e evitando aglomerações.

Situação do Sarampo no Brasil

Desde fevereiro 2018, o vírus do sarampo voltou a circular no Brasil. De acordo com dados do Ministério da Saúde, até março de 2020, no país foram registrados 29.233 casos confirmados, com 30 óbitos pela doença. E o último Boletim Epidemiológico informa que neste ano, até 27 de junho, foram confirmados 5.642 casos de sarampo em 21 estados, além de cinco óbitos, e o Brasil permanece com surto de sarampo nas cinco regiões, com 11 estados com circulação ativa do vírus.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*