Prefeitura prepara processo seletivo para professores e retomar as atividades da Escola de Artes de Mossoró

Edital está sendo elaborado para contratar profissionais temporários da Escola de Artes de Mossoró (Foto: Allan Phablo/PMM)

As Secretarias Municipais de Cultura e de Planejamento se reuniram, nesta segunda-feira (22), para planejar o edital do Processo Seletivo Simplificado que vai selecionar professores temporários da Escola de Artes de Mossoró. A previsão é que o edital seja lançado em março com cerca de 12 vagas. Já a retomada das atividades e dos cursos de forma híbrida está prevista para abril.

O secretário de Cultura Etevaldo Almeida explicou que antes da retomada das atividades é necessário recompor o quadro de profissionais provisórios, que ministrarão os cursos ofertados juntamente com os professores efetivos.

“Estamos reunidos com secretário de Planejamento para gente trabalhar a viabilidade da retomada das atividades da Escola de Artes, a viabilidade econômico e financeira. Na Escola de Artes a gente vai trabalhar com os profissionais através de uma seleção de um edital simplificado. Nós estamos exatamente com a Secretaria de Planejamento e o diretor da Escola de Artes planejando a retomada do semestre com ideia de fazer essa seleção dos professores que irão atuar a frente dos cursos da Escola de Artes. Nós estamos nos debruçando sobre nosso orçamento anual para pensar essa seleção via edital tomando como referência os cursos que já são ofertados na Escola de Artes”, disse Etevaldo Almeida.

Segundo o diretor da Escola de Artes de Mossoró, Thiago Bento, existe uma necessidade atual de ampliação de cursos ofertados que para efetivação depende das novas contratações dos profissionais temporários.

“A ideia é que nós venhamos a incrementar artesanato na Escola de Artes. É muito importante para confecção de figurinos e adereços. Para quem trabalha com teatro sabe da importância de trabalhar com artesanato. Temos também artes marciais que a gente também quer incrementar na Escola de Artes e outras modalidades que a gente está vendo ainda, mas ainda não é nada definido”, ressaltou o diretor da Escola de Artes de Mossoró.

Inicialmente, a Escola de Artes deve retomar atividades de forma híbrida (Foto: Arquivo/PMM)

Após a fase de planejamento, o edital será encaminhado para o setor jurídico e depois segue para publicação no Jornal Oficial de Mossoró (JOM). Para evitar aglomerações durante as provas práticas do processo seletivo, a Secretaria de Cultura pretende submeter os candidatos aos testes práticos virtualmente. “O edital para o setor responsável, que é o jurídico, para publicar esse edital o mais rápido possível. A ideia é que venhamos fazer nossas matrículas a partir de março. Creio que na segunda semana de março a gente já esteja abrindo para fazer as matrículas. A ideia também é que venhamos iniciar nossas aulas no dia 5 de abril. Então é uma previsão e a gente está se baseando pelas orientações da saúde. Todos nós sabemos que estamos vivendo uma pandemia e uma nova onda está vindo aí, mas tudo vai depender da saúde”, destacou o diretor Thiago Bento.

Inicialmente, a previsão é que as atividades sejam retomadas de forma híbrida (aulas remotas e presenciais) com atendimento de todos os protocolos de prevenção ao novo coronavírus. “A gente quer retomar da forma híbrida. Se não tiver como a gente iniciar da forma híbrida, que se inicie virtualmente”, afirmou o diretor da Escola de Artes.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*