Praça de Convivência receberá recuperação geral da estrutura


A Praça de Convivência é mais um equipamento situado no Corredor Cultural que vai receber reforma geral por iniciativa da Prefeitura de Mossoró. O local vai contar com revitalização dos espaços, recuperação dos banheiros e áreas comuns.


O trabalho vai contemplar as áreas internas e externas do equipamento, incluindo substituição do piso, luminárias, revitalização da pintura, melhoria dos espaços internos dos restaurantes/bares, além de recuperação de todos os banheiros.


O planejamento de recuperação de todo o Corredor Cultural foi elaborado pela prefeita Rosalba Ciarlini, com recursos assegurados por meio do FINISA. O objetivo é dar uma nova roupagem aos principais equipamentos situados na avenida Rio Branco, melhorando as condições gerais ofertadas aos mossoroenses. Além da praça, serão recuperados Memorial da Resistência e Teatro Municipal Dix-huit Rosado.


O projeto do Corredor Cultural Professor Antônio Gonzaga Chimbinho foi idealizado pela prefeita Rosalba Ciarlini, à época em seu terceiro mandato. O local é cartão postal de Mossoró, sendo o principal polo de atração turística, reconhecido nacionalmente.


A Praça de Convivência foi inaugurada em 2008. Essa é a primeira grande obra de recuperação desse equipamento público, visando o potencial turístico e uma opção segura de lazer e entretenimento à população de Mossoró.


Com o lançamento da licitação para a obra, nos próximos dias será dada a ordem de serviço. Os trabalhos têm previsão de serem concluídos em 6 meses.


Novo modelo de gestão – A Prefeitura de Mossoró encomendou à Fecomércio um estudo sobre a viabilidade econômica da Praça de Convivência. Na proposta apresentada, um modelo de gestão, com a regularização dos espaços ocupados. A partir do estudo, está sendo elaborado, em parceria com o Sebrae, um Termo de Referência.


Entre as discussões, os modelos de concessão, de um único gestor, ou de 24 gestores. As mudanças vão observar aspectos fundamentais como segurança, lazer, atendimento de excelência e gastronomia diferenciada.


De acordo com os dados, dois terços da população afirmaram frequentar a Praça de Convivência sempre ou quase sempre. O estudo foi realizado entre os dias 3 e 9 de julho deste ano e ouviu 1.001 pessoas, tendo 2% de margem de erro para mais ou menos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*