Tamanho da fonte

Projeto cultural leva arte e empoderamento para os idosos do Alto de São Manoel

Por: Adneison Severiano
Foto: Allan Phablo (Secom/PMM)

O Projeto de Ação Artística “O Tempo e a Memória” concluiu a primeira etapa nesta quarta-feira (15). Iniciado em novembro deste ano, o projeto da atriz Tony Silva promoveu oficinas de teatro e uma série de ações culturais para idosos em Mossoró. O projeto é realizado no Centro de Convivência do Idoso (CCI), localizado no bairro Alto de São Manoel. A iniciativa foi contemplada com recursos da Lei Aldir Blanc, da Prefeitura de Mossoró via Secretaria Municipal de Cultura.

A primeira etapa promoveu oficinas do projeto artístico voltado para a terceira idade, abordando a dramatização de memórias ou de fragmentos de vida das pessoas dentro do teatro comunitário, que tem como base o modo de contar histórias por meio de exercícios, jogos, leituras e dramatizações a partir da linguagem teatral. O trabalho de oficinas, contação de histórias, leituras cênicas e jogos teatrais não busca formar atores, mas utilizar o teatro como recurso na compreensão das subjetividades dos idosos por meio da encenação de lembranças.

Desenvolver a criatividade dos idosos, elevar a autoestima, melhorando a qualidade de vida, criar um ambiente favorável de integração, participação, desenvolvimento humano, em um ambiente criativo e inovador são objetivos do projeto.

“A gente está finalizando, faz 45 dias que eu venho para cá às terças e quartas-feiras exatamente para fazer exercício, brincar, descobrir coisas com elas. Eu fiz um show de calouros e foi lindo porque elas estavam todas empolgadas, todas com as letras das músicas e isso é bacana. A oficina não tem um resultado palpável, mas ela tem um resultado de você ver a melhor idade se impondo como que pensa e que age, que trabalhou para que muita gente boa ficasse usufruindo”, destacou a atriz Tony Silva.

A próxima etapa do projeto vai ter mais quarenta e cinco dias a partir de março. Os participantes são idosos atendidos pelo Centro de Convivência do Idoso. “Eu resolvi fazer com o mesmo grupo de 20 pessoas e foi crescendo. Para mim isso é uma resposta bacana. Com o passar do tempo é que a gente vai ver que o empoderamento do ser idoso é bacana”, afirmou Tony Silva.

Izabel de Almeida, de 61 anos, participou das oficinas e aprovou a iniciativa desenvolvida no projeto. Ela contou histórias e desenvolveu a criatividade para diversas atividades culturais. “Foi uma ótima apresentação, Tony é ótima pessoa, sabe muito bem apresentar e adorei o trabalho dela. Gostei dos exercícios físicos que ela fez com a gente, as lembranças relembradas, as coisas que a gente fez antigamente quando era criança”, disse.

Quem também participou da primeira etapa do projeto foi Tereza Newman. A idosa de 62 anos pretende participar da segunda etapa do projeto. “Estou muito satisfeita, a equipe é sensacional. Eu contei histórias, cantei várias músicas, eu estou muito encantada”, comentou a idosa.

O projeto foi contemplado com recursos do edital do chamamento público nº 005/2020 da Lei Aldir Blanc da Secretaria Municipal da Cultura, da Prefeitura Municipal de Mossoró, do Ministério do Turismo e Governo Federal. O projeto conta com apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (SEMASC).

“A relevância que nós temos com essa ação da atriz Tony Silva é de se pensar a arte e cultura para todos os cantos da cidade e com acesso a todas as pessoas. Então, essa é uma ação onde a gente através de uma articulação com a Secretaria de Cultura e a Secretaria de Assistência Social pensa arte e cultura também para os idosos. Isso é uma forma que a gente está levando arte para um grupo onde está tendo acesso à cultura, está tendo acesso à arte para que a gente possa promover as ações no âmbito da cultura do município de Mossoró de forma integrada, contemplando a todas as pessoas. Sejam as crianças, mas também os idosos que estão no município de Mossoró”, ressaltou o secretário de Cultura, Etevaldo Almeida.

Durante o encerramento da primeira etapa do projeto, A Máscara de Teatro apresentou a esquete Duendes de Natal. O espetáculo aborda questões como família, amor, gentileza e solidariedade.

“A Companhia A Máscara de Teatro tem o cunho social, então todo ano a gente faz esse percurso e Tony nos convidou para fazer parte desse momento aqui no Centro do Idoso. A gente aborda a questão nessa temática dos Duendes do Natal a questão do amor, da esperança, da generosidade, que a gentileza gera gentileza, como a mágica gera o encanto. O que é ser gentil? É sentir a dor do outro sem nem ter a ferida. Então, a gente vem discutindo, vem trabalhando essa temática para que eles entendam que Natal não é só esse período, é todo dia, que a gentileza tem que fazer parte do nosso dia a dia. Como o ar faz parte, essa gentileza precisa fazer parte do nosso dia a dia, esse amor, esse olhar, esse sentir, esse arrepiar tem que fazer parte”, enfatizou a atriz Luciana Duarte.


Podcast Mais Mossoró





Deixe seu comentário


0 Comentário(s)