Tamanho da fonte

 Infraestrutura
Terça-feira - 04/01/2022

Prefeitura avança com obras de drenagem, serviços de limpeza de canais e planeja mais ações em Mossoró

Por: Adneison Severiano
Foto: Allan Phablo (Secom/PMM)

A Prefeitura de Mossoró avança com obras de drenagem, limpeza de canais e de planejamento de novas ações em pontos críticos em várias áreas do município. As equipes já estão atuando com obras e serviços em vários bairros, dentre eles, Redenção, Integração, Aeroporto e Aeroporto II (Quixabeirinha). Nessas áreas historicamente alagamentos ocorrem durante o período chuvoso.

Nesta terça-feira (4), o prefeito Allyson Bezerra percorreu acompanhado das equipes da Secretaria de Infraestrutura, Urbanismo, Meio Ambiente e Serviços Urbanos (SEIMURB) e da Defesa Civil de Mossoró as áreas onde obras já tinham sido iniciadas no final do ano passado, além dos pontos críticos identificados que receberão intervenções para solucionar os problemas de drenagem, captação e distribuição das águas das chuvas.

Entre os bairros Redenção e Integração, as equipes iniciaram no final do ano passado as obras de construção de 500 metros de tubulação na rede de drenagem que vai escoar as águas pluviais da lagoa de captação da comunidade até o Canal do Redenção.

“Nos pontos mais críticos na cidade de Mossoró, nós estamos fazendo um trabalho de ir até lá. Em alguns deles já estão ocorrendo obras. Nós tivemos no Integração, onde já há obras de drenagem urbana. Nós estamos investindo R$ 400 mil de recurso do povo de Mossoró para aquela obra. Vão ser 500 metros de tubulações de concreto armado de drenagem. Lá, a obra já está acontecendo”, afirmou o prefeito.

Os trabalhos seguem em ritmo acelerado para beneficiar à população dos bairros Redenção e Integração. A aposentada Francisca dos Santos acompanha de perto as obras que vão solucionar um problema antigo, que a família dela e os demais moradores convivem há mais de 20 anos.

“Nós sofremos um bocado aqui, água aqui era muita. Ninguém podia andar e sair, mas agora melhorou. Já está melhorando graças a Deus”, disse a moradora Francisca dos Santos.

O aposentado Evangelista Daniel a cada período chuvoso sofria com os prejuízos das águas das chuvas invadindo a casa onde morava perto da lagoa de captação. O problema fez com que ele mudasse de residência para uma área mais afastada da lagoa, mas mesmo assim ainda vivenciava os transtornos a cada chuva forte. “A situação aqui no período do inverno é caótica. Eu morava ali bem próximo da lagoa, mas saí por causa da água. Não tinha condições de morar mais lá”, relembrou o aposentado.

A Secretaria de Infraestrutura, Urbanismo, Meio Ambiente e Serviços Urbanos (SEIMURB) acompanha de perto as obras de drenagem para que os trabalhos garantam a solução dos problemas em vários pontos de Mossoró. “A Prefeitura vem trabalhando desde o início do ano passado na parte de manutenção e drenagem. Nesses últimos meses, de setembro para cá, a gente intensificou todas as limpezas de bueiros, de córregos, todas sendo executadas, todas feitas, já estamos voltando na limpeza novamente na manutenção de ampliação de captação de águas em vários setores da cidade”, destacou o secretário de Infraestrutura, Rodrigo Lima.

A Lagoa da Quixabeirinha também é um dos pontos da cidade que recebem serviços da Prefeitura. As equipes estão fazendo limpeza da lagoa para ampliar a capacidade de captação e evitar que águas das chuvas invadam as casas dos moradores do entorno.

“Aqui não passa nem a pé que dá água na cintura. Entra água nas casas aqui, principalmente nessa rua que é a mais afetada porque todas as águas vêm lá de cima, do Tarcísio Maia para cá. Os moradores daqui é que são prejudicados, nessa parte de baixo. Eu acho que quando eu era pequena isso aqui já existia. Isso aqui não é de agora não, meu filho. Faz anos que aqui é assim”, disse a dona de casa Mara Lígia.

As equipes da Prefeitura de Mossoró também estiveram na lagoa de captação localizada entre a rua Felipe Camarão e a Faculdade de Medicina da UERN, no bairro Aeroporto. De lá seguiram até o bairro Lagoa do Mato, onde existe um ponto crítico na drenagem das águas pluviais (de chuva).

“Os bairros Lagoa do Mato, Belo Horizonte, Aeroporto II, Integração, Redenção, Barrocas, Bom Jesus e Sumaré são regiões na cidade que historicamente contam com problemas, principalmente pela falta de um sistema de drenagem. Nós estamos levando esses sistemas e essas obras para diversos bairros da cidade de Mossoró”, enfatizou o prefeito Allyson Bezerra.

 


Podcast Mais Mossoró





Deixe seu comentário


0 Comentário(s)