Tamanho da fonte

02/07/2021 - Editado há 3 meses

Município discute ações para revitalização do Rio Apodi-Mossoró

Por: Thiago Braga
Foto: Wilson Moreno/PMM

Na manhã desta sexta-feira (02), a Prefeitura de Mossoró e o Governo do Estado discutiram ações para recuperação do Rio Apodi-Mossoró. A reunião foi realizada virtualmente com representantes da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Meio Ambiente, Urbanismo e Serviços Urbanos (SEIMURB) e da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH/RN).

O encontro debateu como Estado e Município podem atuar em conjunto com demais segmentos da sociedade a partir de um plano para revitalização do nosso principal manancial. “A gente entende que a problemática envolve outros agentes e por isso estamos dispostos a mobilizar as instituições, universidades, pois é um rio que percorre uma extensa região da bacia. É um trabalho que podemos construir através de parcerias, buscando a cidade sustentável que tanto almejamos”, destacou Zildenice Guedes, gerente de Educação Ambiental do município.

O encontro entre SEIMURB E SEMARH debateu ações a serem executadas a curto, médio e longo prazo. “A ideia inicial é criar um GT (Grupo de Trabalho) e a partir daí alinharmos as ideias, traçar um cronograma para executar as ações de forma organizada. Além disso, vamos articular iniciativas com as diversas secretarias do Estado e do Município que possam colaborar com o plano”, explicou Cleciano Rebouças, diretor executivo de Meio Ambiente e Urbanismo.

O mapeamento do trecho da bacia e a formação de um grupo de trabalho foram alguns dos encaminhamentos direcionados ao fim da reunião. “A gente precisa trabalhar ações que façam as pessoas se sentirem partes do projeto, possam integrar a nossa iniciativa. Por exemplo, envolvendo as escolas da comunidade para que as pessoas se sintam próximas, envolvidas, levando instrução, mostrando a importância ambiental do Rio Mossoró”, evidenciou Robson Henrique, coordenador de Meio Ambiente e Saneamento da SEMARH.



Deixe seu comentário


0 Comentário(s)