Tamanho da fonte

 Governo
Quinta-feira - 04/11/2021

Articulação do Selo Unicef debate estratégias e plano de ação para o quadriênio 2021/2024

Por: Maricelio Almeida
Foto: Arquivo (Secom/PMM)

A articulação do Selo do Fundo de Emergência Internacional das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) em Mossoró promoveu na manhã desta quinta-feira (4), no auditório do Centro Administrativo da Cidadania, reunião de trabalho com o objetivo de alinhar as estratégias e o plano de ação para o quadriênio 2021/2024.

O encontro contou com a participação de representantes das Secretarias Municipais de Assistência Social e Cidadania, Saúde e Educação, além de membros do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (COMDICA) e Conselhos Tutelares de Mossoró.

Na reunião, ficou definido como trabalho a ser executado, em um curto prazo, a construção e implementação do Plano Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e a realização do I Fórum Comunitário, que deve acontecer no primeiro trimestre de 2022, como destaca a articuladora do Selo Unicef em Mossoró e ouvidora-geral do Município, Janaína Holanda.

“Elencamos essas duas prioridades imediatas. Em novembro e dezembro trabalharemos para conseguir aprovar e implementar o Plano Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e também realizarmos o I Fórum Comunitário até março do próximo ano. A reunião foi extremamente importante, porque não podemos pensar em um plano de ação exclusivamente pelo viés do poder público, temos que fazer isso de forma participativa e democrática”, pontuou a ouvidora.

Janaína Holanda reafirma ainda o compromisso da gestão municipal com a efetivação de políticas públicas voltadas a crianças e adolescentes. “O Município assumiu o compromisso com a causa das crianças e dos adolescentes quando aderiu ao Pacto pela Primeira Infância, ao Território pela Primeira Infância, Selo Unicef, Prefeito Amigo da Criança, o Mês da Primeira Infância, agora vamos trabalhar para colocar toda essa pauta de compromissos em prática”, reforçou.

A ouvidora-geral também lembra que a conquista do Selo Unicef representa o reconhecimento de um trabalho integrado executado pela gestão. “A conquista do Selo é a consequência de um trabalho bem-sucedido. O que nós queremos é que as ações voltadas às crianças e adolescentes sejam realmente efetivas. Então, para isso nós temos que melhorar os nossos indicadores, tanto na área da Saúde, Assistência, Educação, trabalhar de forma integrada entre as secretarias. Quando a gente melhora os nossos indicadores, significa que as nossas crianças e adolescentes estão tendo uma política verdadeiramente efetiva e garantidora de direitos”, concluiu.




Deixe seu comentário


0 Comentário(s)