Município acompanha transferências de pacientes para leitos de UTI

Hospital São Luiz recebe paciente transferido. Foto: Célio Duarte (SECOM)

Devido à alta ocupação de leitos críticos de UTI da região metropolitana de Natal, a SESAP realizou as primeiras transferências de pacientes com Covid-19, por transporte aéreo para hospitais situados em Mossoró. A decisão da Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP) envolve dois pacientes das cidades de João Câmara e Parnamirim. Eles foram transferidos para o Hospital Rafael Fernandes e para o Hospital São Luís, na capital do oeste na segunda-feira (22).

Toda a logística de locomoção dos pacientes contou com o apoio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Novas transferências de pacientes para o interior do estado não estão descartadas pela SESAP.

A Secretaria Municipal de Saúde acompanha a situação e explica que as transferências ocorrem mediante um sistema de regulação que possibilita, por exemplo, que pacientes de Mossoró também possam ser transferidos para leitos disponíveis em outras cidades do estado em caso de real necessidade. “Não existe influência do município em não receber pacientes. Essas regulações são feitas de acordo com a necessidade, pois, se tem paciente precisando de leito e tem leito vago em qualquer lugar do estado, este paciente será atendido”, disse Morgana Dantas, titular da pasta de saúde.


Hospitais sem leitos críticos no RN

De acordo com o Portal Regula RN, que informa em tempo real a atual situação da ocupação dos leitos no estado, os dez hospitais sem a disponibilidade de leitos críticos até o momento são: Hospital Municipal de Campanha (Natal), Hospital Gizelda Trigueiro (Natal); Hospital Manoel Lucas de Miranda (Guamaré); Hospital Maternidade Divino Amor (Parnamirim); Hospital Aluísio Bezerra (Santa Cruz); Hospital Regional Alfredo Mesquita (Macaíba); Hospital Regional de João Câmara, Hospital Lindolfo Gomes Vidal (Santo Antônio) e o Hospital Regional Tarcísio Maia (Mossoró).

O Hospital Rafael Fernandes em Mossoró é um serviço estadual de referência macro regional no tratamento de condições infecto contagiosas, dispondo de 14 leitos para pacientes acometidos Covid-19, sendo 10 de UTI com leitos críticos. O Hospital São Luís, também no município, é contratado pelo estado para atendimentos Covid, dispondo de 40 leitos de UTI.


Governo do RN anuncia ampliação de leitos de UTI

Diante do agravamento da lotação hospitalar, o Governo do Rio do Norte, anunciou a criação de 39 novos leitos de UTI, deste total, 19 já foram colocados em operação nos hospitais, sendo 9 leitos no Hospital Onofre Lopes e 10 no Hospital de Campanha de Natal, ambos localizados na capital potiguar.


Situação em Mossoró

Na segunda maior cidade do estado, até a última segunda-feira (22), 80 pessoas estavam internadas segundo levantamento divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, sendo 65 em leitos do serviço público e 15 no serviço privado.

Das 65 internações mencionadas em hospitais públicos, 50 eram de leitos de UTI, 14 pacientes de leitos clínicos e havia 1 internação na UTI pediátrica. No setor privado, 8 leitos de UTI estavam ocupados.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*