Mossoró sedia seminário internacional na área de saúde

Abertura será no campus da UFERSA em Mossoró. Foto: Wilson Moreno.

A partir das 15h30 desta segunda-feira (22) até o próximo sábado (27), acontece em Mossoró o Seminário Internacional Cuidados Intermediários, que conta com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde. O evento é promovido pela Rede Precisa (Rede de Cooperação Internacional com o Semiárido), em parceria com o Laboratório Ítalo-Brasileiro Pesquisa, Formação e Práticas de Saúde Coletiva. O seminário ocorrerá de forma híbrida, on line e presencial, com a abertura na Faculdade de Medicina da UFERSA.

A Rede Precisa pensa a pesquisa e colaboração com a concepção de “proteção da vida e saúde” que envolve biotecnologia, biossegurança, biociências, ecologia, qualidade sanitária, proteção dos solos e das águas, saneamento e meio-ambiente, psicobiologia, saúde coletiva, saúde mental, saúde do grupo materno-infantil, saúde sexual e reprodutiva e a conexão das biociências com as práticas socioeducativas em comunidade.

O grupo de cooperação de pesquisadores propõe o desenvolvimento de conhecimentos, práticas de intervenção, tecnologias sociais, biotecnologias e instrumentos gerenciais que visam à melhoria da qualidade de vida das populações, influenciando a formulação e execução de projetos de trabalho com implicação de território, mudança da realidade e aperfeiçoamento contínuo da qualidade dos serviços, servindo-se da colaboração entre os entes participantes.

É uma iniciativa importante que conta com o apoio do município e que reconhece na cooperação coletiva, nas instituições e na ciência uma via de melhorar os serviços, programas e redes”, disse Morgana Dantas, secretária municipal de saúde.

A Rede Precisa foi formada em 2019 e é composta pelas seguintes instituições: Prefeitura de Mossoró, Hospital Maternidade Almeida Castro, Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA), Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Associação Científica Rede Unida, Grupo de Pesquisa/CNPq _Educação e Ensino da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade de Bolonha, Associazione Italiana Amici di Raoul Follereau (AIFO), Associação Brasil Saúde e Ação (BRASA), Universidade de Barcelona, Universidade de Tarragona/Universitat Rovira I Virgilli (URV).

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*